sábado, 12 de dezembro de 2015

PARTE UM




GRANDE LIVRO DAS PROTEÇÕES


Tradução do inglês, estabelecimento, explicações, prefácio e notas por Punna Upassaca (Rogel Samuel) da tradução do Pâli por Lionel Lokuliyana e outros, publicado por Gunasekeratrust, Colombo, Sri Lanka.


Realizada em meados da década de oitenta, esta é a primeira tradução em língua portugue-sa deste livro sagrado que contém os textos que os monges budistas da escola Theravada (antiga) sabem de cor, têm nos templos e recitam durante as cerimônias. Alguns exempla-res circularam em xerox nos últimos dez anos sem que tenha sido publicado em livro. Os textos estão nos Pitakas, que são o conjunto de três grupos de textos em língua pâli da tra-dição oral, que veio diretamente do Buddha Sidarta Gotama e considerados como tendo sido proferidos por Ele próprio. É um dos livros sagrados mais antigos do mundo, de uma das mais antigas ordens. Não se conhece a data da compilação deste livro. Alguns acredi-tam que foi compilado pelos membros do Primeiro Concílio, em Rájagriha, em 486 a.C.; outros pensam no período Anuradhapura, 306 a.C.; ambos, após a morte do Buddha. Desde a Índia ao Norte da qual nasceu o Sublime, o Dhamma espalhou naturalmente sua Sangha pela Ásia, como  à China em 372 d.C., ao Japão pela Coréia em 552, e ao Tibet em várias épocas. O texto que vamos apresentar pertence ao budismo mais antigo, ou Theravada. Este é um livro de proteção, de bênçãos e de pregação da Doutrina (o Dhamma).  Sua leitura, ou mesmo  sua presença num ambiente, assegura a proteção contra os maus espíritos, os infortúnios, doenças e ansiedade, além de conduzir à prosperidade.  Sobretudo incentiva ao desenvolvimento da auto-perfeição em direção à Libertação dos Renascimentos. Na sua extraordinária compaixão, o Buddha mostrou como nulificar os infortúnios e ter uma vida longa, proveitosa e feliz.  São estes os textos que aqui se editam. A sua leitura pode ser feita em voz alta, num recitativo. As repetições dos textos budistas são facultativos para a sua leitura em voz alta. Originalmente, o livro é dividido em quatro partes, recitados primeiramente por todos os monges, na segunda e terceira partes por alguns, e na quarta parte final por todos os montes outra vez. Possam todos os seres que  lerem este livro sentirem-se bem e felizes! Possam todos con-duzirem-se à felicidade! Possam todos aspirar à Emancipação! Pela força destas verdades, que todos tenham vida virtuosa, longa e feliz!
Punha Upassaca (Rogel Samuel)


CATUBHANA VARA PALI

O TEXTO DOS QUATRO RECITAIS ou GRANDE LIVRO DAS PROTEÇÕES

O livro Sagrado dos Monges do Budismo Theravada.

Tradução, estabelecimento, explicações, prefácio e notas por Punna Upassaca, segundo a tradução do Pâli por Lionel Lokuliyana e outros, publicado por Gunasekeratrust, Colombo, Sri Lanka.

Para realização da felicidade, para a destruição do sofrimento, do perigo, do medo e das doenças!

RECITAL PRELIMINAR

(Entram os monges no “mandapa”, ou tabernáculo, pavilhão especialmente construído para a ocasião, e ocupam seus lugares. Então os seguintes procedimentos acontecem:)

A) CONVITE para o recital das “paritta” (proteções), proferido por um leigo, que oferece um feixe de Betel aos monges:

PARA A DEFESA DE TODO O PERIGO
PARA REALIZAÇÃO DE TODAS AS FELICIDADES
PARA DESTRUIÇÃO DE TODO SOFRIMENTO
POR FAVOR DIGAM AS BÊNÇÃOS DA PROTEÇÃO

PARA DEFESA DE TODO PERIGO
PARA REALIZAÇÃO DE TODAS AS FELICIDADES
PARA DESTRUIÇÃO DE TODO MEDO
POR FAVOR DIGAM AS BÊNÇÕES DA PROTEÇÃO

PARA DEFESA DE TODO PERIGO
PARA REALIZAÇÃO DE TODAS AS FELICIDADES
PARA DESTRUIÇÃO DE TODA DOENÇA
POR FAVOR DIGAM AS BÊNÇÃOS DA PROTEÇÃO

B) AVISO, na língua dos ouvintes, pelo monge mais velho.

C) NAMASKARA, homenagem ao Buddha:

NAMÔ TASSÊ, BHAGUEVETÔ, ARERRATÔ, SAMMÁ SAMBHUDHASSÊÊ!
Homenagem a Ele, o Valioso, o Perfeito, o Supremamente Iluminado!

D) SARANAGAMANA, tomando os refúgios:

BUDDHAÁM, SARENÁM, GATCHÁMI
DHAMMÁM, SARENÁM, GATCHÁMI
SANGHÁM, SARENÁM, GATCHÁMI
DUTIYÁM, PI BUDDHÁM, SARENÁM, GATCHÁMI
DUTIYÁM, PI DHAMMÁM, SARENÁM  GATCHÁMI
DUTIYÁM, PI SANGHÁM, SARENÁM  GATCHÁMI
TATIYÁM, PI BUDDHÁM, SARENÁM  GATCHÁMI
TATIYÁM, PI DHAMMÁM, SARENÁM  GATCHÁMI
TATIYÁM, PI SANGHÁM, SARENÁM  GATCHÁMI

E) PANCHA SÌLA, os cinco preceitos.

1. Recebo o preceito de evitar tirar a vida de qualquer ser vivo.
2. Recebo o preceito de evitar tomar para mim o que não me seja ofertado.
3. Recebo o preceito de evitar o adultério.
4. Recebo o preceito de evitar falar mal de alguém, ou ficar tagarelando.
5. Recebo o preceito de evitar álcool, tóxicos e lugares permissivos.

F) INVOCAÇÃO aos Devas:

DO INTEIRO ESPAÇO DO UNIVERSO
POSSAM CHEGAR AS DIVINDADES
A BOA DOUTRINA DO REI DOS SÁBIOS
SERÁ AQUI E AGORA OUVIDA

G) DECLARAÇÃO: É TEMPO DE OUVIR AS PROTEÇÕES  (Três vezes)

H) NAMASKÀRA, homenagem ao Buddha:

NAMÔ TASSÊ BHAGHEVETÔ ARERRATÔ SAMMÁ SAMBUDDHASSÊ!

I) QUALIDADES DO BUDDHA:

Assim em verdade é Ele, o Valioso, o Perfeito, o Supremamente Iluminado, Possuidor do Conhecimento, da Ação, Bem Realizado, Conhecer dos Mundos, Insuperável, Con-dutor de homens, Mestre dos Deuses, o Iluminado, o Sublime.

J) QUALIDADES DO DHAMMA (Doutrina):

O Dhamma foi bem proclamado pelo Sublime, imediatamente visível, tem a qualidade de estar aberto a todos, leva ao Nibbana, e deve ser compreendido individualmente pelos sábios cada um por si mesmos.

K) QUALIDADES DO SANGHA (os 28 Buddhas e os Iluminados):

A multidão dos discípulos do Sublime é bem realizada. A multidão dos Discípulos do Sublime segue o caminho que não tem desvio. A multidão dos Discípulos do Sublime anda num caminho metódico. A multidão dos Discípulos do Sublime vive a apropriada vida. São eles os Quatro Pares de Oito caracteres individuais humanos2. Esta é a multi-dão dos Discípulos do Sublime. Dignos de veneração, Dignos de hospitalidade, Dignos de oferendas, Dignos de reverência com as palmas das mãos juntas. Eles são a semeadu-ra insuplantável de mérito para o mundo.

L) BÊNÇÃOS (que devem ser repetidas no fim de cada texto:

DE ACORDO COM ESTA VERDADE POSSAM AS TRÊS JÓIAS PROTEGER VOCÊ! (Três vezes).

M) PRIMEIRO DISCURSO DO BUDDHA:

Através de muitos nascimentos
Te procurei não te encontrando,
Ó construtor da casa! Te procurava
Sofrendo nascimentos sobre nascimentos,
Ó construtor da casa! Mas tua arte está vista!

Não farás a casa outra vez
Todas as ripas foram quebradas
Foi quebrada a cumeeira
A mente está limpa das coisas
A extinção do cravejamento foi conseguida!

N) O ACONTECIMENTO DA CAUSA (Originação Interdependente):

Através da cegueira nasce a sinergia: através da sinergia nasce a cognição; através da cognição nasce a individualidade; através da individualidade nascem as seis janelas dos sentidos; através da seis janelas dos sentidos nasce o contato; através do contato nasce a sensação; através da sensação nasce a sede; através da sede nasce a cola; através da cola nasce o processo de vir-a-ser; através do processo aparece o nascimento; através do nas-cimento aparecem decadência, aflição, lamentação, sofrimento corporal, tristeza, inquie-tação. Então nasce todo um completo agregado de sofrimento.
Através da extinção da cegueira sem resíduo, em verdade, acontece a extinção da siner-gia; com a extinção da sinergia há extinção da cognição; com a extinção da cognição, a extinção a individualidade; com a extinção da individualidade, a extinção das seis esfe-ras; com a extinção das seis esferas, a extinção do contato; com a extinção do contato, a extinção da sensação; com a extinção da sensação, a extinção da sede; com a extinção da sede, a extinção da cola; com a extinção da cola, a extinção do processo; com a ex-tinção do processo, a extinção do nascimento; com a extinção do nascimento, a extinção da decadência, velhice, morte, aflição, lamentação, sofrimento corporal, tristeza, inquie-tação. E assim se extingue todo um completo agregado de sofrimento.

O) ESTROFES DAS VITORIOSAS BÊNCÃOS:

1.  Com mil guerreiros, com produzidas armas
O elefante Girimekhala, com Mara
Atacou ferozmente com todo o seu exército.
Mas através da virtude, e generosidade
Senhor dos Sábios o venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

2.  Mais do que Mara, atacando a noite inteira
O cruel, o obstinado yakkhá Alávaka
Foi pela abstinência e treinado método
Que o Senhor dos Sábios venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

3.  Nalagiri, o grande elefante, louco, bêbado
Como círculo de fogo na floresta
Veio, terrível como um raio
Mas espargindo amabilidades
O Senhor dos Sábios venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

4.  Segurando a espada com a levantada mão, cruelmente
O Angulimala correu a distância de três léguas.
Mas o poder da bem treinada mente
Do Senhor dos Sábios venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

5.  Alargando sua barriga com a lenha
Fingindo-se de mulher grávida
As corruptas palavras de Cinca entre o povo.
Mas por meio calmo da sua tranqüilidade
O Senhor dos Sábios venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

6.  Levantando a verdade, aquele Saccaka
Manipulava os argumentos como bandeira,
Mas fixando a mente nos blindados argumentos
A sabedoria luzindo como lâmpada
O Senhor dos Sábios venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

7.  O naga Nandopananda, muito sábio,
De grande poder psíquico,
Era humilhado por seu filho mais velho.
Pois através do poder do conselho
O Senhor dos Sábios venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

8.  Com sua são mui magoada pelo naga
Chamado errado ponto de vista,
O brahma Baka, de claro resplendor
e psíquico poder.
Pois através da medicina do saber
O Senhor dos Sábios venceu.
Por este poder haja vitoriosas bênçãos
Para você!

9.  Do Buddha estas oito estrofes de vitoriosas bênçãos
Quem com firmeza lembrar e as recitar
Destruirá vários problemas e perigos.
E o sábio poderá descobrir a Felicidade da Libertação.

P) PEDIDOS DE PROTEÇÃO CONTRA O INFORTÚNIO

a)  Qualquer mau presságio e mau agouro
Qualquer aziago rumor de pássaro
Qualquer mau planeta ou mau sonho
Torna-se nada com o poder do Buddha.
b)       ... com o poder do Dhamma.
c)       ... com o poder da Sangha.

Q) VOTOS DE SUCESSO

Possa haver todas as bênçãos
Possam todas as divindades proteger você
Pelo poder de todos os Buddhas
Possa haver bênçãos para você
...
Pelo poder de todo o Dhamma
...
Pelo poder de toda a Sangha
...
R) PEDIDOS DE PROTEÇÃO CONTRA O MAL:

Das estrelas, yakkhás e semi-deuses
Para defesa dos maus planetas
Através do poder das proteçõe
Os perigos serão destruídos.

S) FIXAÇÃO DAS PROTEÇÕES:

Todos os Buddhas são poderosos
Qualquer poder deriva dos Buddhas Silenciosos
Pelo poder dos arahánts
Nós fixamos a proteção
Em todos os aspectos.

T) MAHAMANGALASUTTAM

(O grande discurso das bênçãos, deve ser recitado para a prosperidade):

Assim foi ouvido por mim:
Certa vez o Sublime permanecia em Savatthi, Bosque Jeta, no parque de Anathapindika, então, em verdade, quando a noite estava avançada, certa divindade de incomparável co-loração e luz, que iluminava completamente o Bosque Jeta, se aproximou do lugar onde estava o Sublime.
Tendo-se aproximado o saudou com reverência e sentou-se a seu lado.  Depois de senta-da, aquela divindade disse para o Sublime a estrofe:
“Muitos deuses e homens
discutem sobre as bênçãos
que trazem felicidade.
Por favor diga
qual a melhor bênção”.

(O Sublime:)
“Não se associar aos tolos
associar-se com os sábios
respeitar o respeitável:
esta é a melhor bênção.

Viver em habitação conveniente
tendo mérito realizado anteriormente
estabelecer-se na auto-perfeição:
esta é a melhor bênção.

Conhecimento profundo, habilidade nas artes
Disciplina bem treinada
Ter a melhor linguagem:
Esta é a melhor bênção.

Atender à mãe e ao pai
Cuidar dos filhos e da esposa
Ter irrepreensível profissão:
Esta é a melhor bênção.

Ser caridoso, conduzir-se bondosamente
Ajudar aos parentes
Realizar boas obras:
Esta é a melhor bênção.

Abster-se de cometer os males
Manter-se livre dos intoxicantes
Ser vigilante na prática do bem:
Esta é a melhor bênção.

Conduzir-se digna e docemente
Estar satisfeito, ser agradável
Escutar a Lei no momento próprio:
Esta é a melhor bênção.

Ser paciente, suave
Buscar a companhia dos monges
Falar da Lei no momento próprio:
Esta é a melhor bênção.

Austeridade, levar uma vida pura
Ter a visão profunda das Nobres Verdades
Realizar o Nibbana:
Esta é a melhor bênção.

Imperturbável pelas condições do mundo4
Livre da tristeza, apego e temor:
Esta é a melhor bênção.

Aquele que segue tais princípios
Nunca será vencido
Irá para a Felicidade
A qual significará para ele
A melhor das bênçãos.

PELA FORÇA DESTAS VERDADES POSSAM AS TRÊS JÓIAS PROTEGER VOCÊ! (Três vezes)

U) RATANASUTTAM

O discurso das jóias (Esta paritta, ou proteção, foi proferida pelo Senhor Buddha para salvar a cidade de Vesali, devastada pela peste, pela fome e pelos maus espíritos. Deve ser recitada contra guerras e calamidades públicas):

1.  Qualquer que sejam os espíritos aqui reunidos
Sejam da terra, sejam do ar
Possam todos ser felizes!
E que ouçam com atenção
O que será dito a seguir.

2.  Que, em verdade, todos os espíritos
Tenham amor aos seres humanos
Que fazem oferendas dia e noite
Que, em verdade, proteja-os bem.

3.  Qualquer tesouro, aqui ou em outro mundo
Ou qualquer extraordinária jóia que haja nos céus
Nenhuma é igual ao Conquistador
A jóia no Buddha é insuperável
De acordo com esta verdade
Haja felicidade!

4.  A Extinção, a Liberdade, a Imortalidade, o Supremo
Tudo o Sábio dos Sakyas, o Tranqüilo, atingiu.
Não há nada igual ao Dhamma
A jóia no Dhamma é insuperável
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

5.  O que é puro o grande Buddha glorificou
Aquela concentração ininterrupta
Nunca foi visto nada igual a ela.
A jóia no Dhamma é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

6.  Os oito indivíduos de glorificada virtude
Os cento e oito gloriosos indivíduos
Aqueles pares de Quatro5
Os discípulos do Caminhante
São Dignos de oferendas
Que dão abundantes frutos
A jóia do Sangha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

7.  Os Bem-realizados, de mentes
Livres, isentos, na Revelação do Gotama
Realizaram aquilo que deve ser realizado
Mergulharam na imortalidade
Realizaram a obtida paz sem preço
A jóia da Sangha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

8.  Como um poste de Indra fixo na terra
Não se move aos quatro ventos
Digo que a boa pessoa é similar a isto
Quem definitivo viu as Nobres Verdades.
A jóia na Sangha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

9.  Aqueles que compreenderam claramente as Nobres Verdades
Bem expressas por Quem tem o Saber Absoluto
De acordo com a Plena Atenção que possam ter
Realizarão Aquilo em até oito nascimentos.
A jóia na Sangha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

10. Quem atingiu a Introspecção
Três conceitos abandona:
A crença num “eu” individual
A dúvida e o apego.
Às regras e rituais
Livrando-se de todas.
Está livre dos Quatro Estágios de Sofrimento
Incapaz de cometer os seis grandes crimes.
A jóia na Sangha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

11. Qualquer má ação que faça
Do corpo, palavra ou da mente
Ele nunca omite
Porque é dito que isto
É impossível para quem viu o Estágio.
A jóia na Sangha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

12. Como a copa da floresta cheia de flores
No primeiro mês da estação de verão
Assim ele pregou o Nobre Dhamma
Que leva ao Nibbana, o mais alto benefício
A jóia no Buddha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

13. O Nobre, o Conhecedor daquilo que é Nobre
O Doador daquilo que é Nobre
O Aceitador daquilo que é Nobre
O insuperável Ser que expôs o Nobre Dhamma
A jóia do Buddha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

14. O passado foi destruído, não há começo
Para o novo
Suas mentes desapegadas
A um futuro existir
Eles destruíram o ovo
Seus desejos desapareceram
Como uma lâmpada aqueles sábios
Se apagam
A jóia na Sangha é excelente
De acordo com esta verdade
Possa haver felicidade!

(Estrofes de Sakka, Deus dos Deuses, a seguir:)

15. Nós, seres aqui reunidos
Sejamos da terra ou do ar
Homenageamos o abençoado Buddha
Respeitado por deuses e homens.
Possa haver felicidade!

16. Nós, seres aqui reunidos
Sejamos da terra ou do ar
Homenageamos o perfeito Dhamma
Respeitado por deuses e homens.
Possa haver felicidade!

17. Nós, seres aqui reunidos
Sejamos da terra ou do ar
Homenageamos a perfeita Sangha
Respeitada por deuses e homens.
Possa haver felicidade!

DE ACORDO COM ESTA VERDADE POSSAM AS TRÊS JÓIAS PROTEGER VOCÊ! (Três vezes)

V) KARANIYAMETTASUTTAM

Discurso da prática do amor:

Quem cultiva o Bem e busca a Suprema Felicidade deve ser hábil, capaz, correto, muito correto, amável aos bons conselhos, gentil, livre da arrogância; alegre, fácil de conten-tar, com poucas obrigações, controlado nos sentidos, discreto, cortês e não muito apega-do à família; evita conduta que possa ser censurada pelos sábios. Possam todos os seres estar felizes e seguros! Possam ter felizes desejos! Qualquer ser vivo que exista, sem dis-tinção, seja feliz, seja fraco ou forte, alto ou baixo, grande, médio ou pequeno, nascido ou por nascer, que seja feliz. Que ninguém prejudique ninguém, ou o amedronte, movi-do por vaidade, inveja ou raiva, em qualquer lugar de nenhum modo, que ninguém dese-je mal a ninguém. Assim como a mãe protege seu único filho com sua própria vida, da mesma forma para todos os seres cultivemos um coração de bondade, para cima, para baixo, e ao derredor, o amor bondoso atravessando o planeta, sem obstáculos, para atra-vessar os ódios, para atravessar as inimizades. Seja de pé, andando, sentado ou reclinado devemos desenvolver atenção, durante todo o tempo em que tivermos acordados: a isto se chama Supremo Viver como Deus. Não seguindo errado modo de interpretação, sen-do virtuoso, dotado de Introspecção, afastando a sensualidade de perto de seus sentidos - nunca mais em verdade devemos mergulhar em renascimento.

PELA FORÇA DESTA VERDADE QUE VOCÊ POSSA ESTAR SEGURO! QUE PELA FORÇA DESTA VERDADE TODOS OS SEUS PROBLEMAS DESAPARE-ÇAM! QUE PELA FORÇA DESTA VERDADE O MUNDO INTEIRO SEJA FELIZ!

X) ESTROFES RELATIVAS AOS GRANDES E VITORIOSOS AUSPÍCIOS

1.  O Protetor, cheio de compaixão
Para o benefício de todos os seres vivos
Tendo, completas, todas as perfeições
Atingiu a mais nobre e completa iluminação
De acordo com estas palavras de verdade
Possa haver vitoriosos sucessos para você!

2.  Conquistou, na árvore Bodhi,
O maior progresso de alegria para os Sákyas.
Assim possa haver vitórias para você
Possa você ser vitorioso
Possa haver vitoriosos sucessos para você!

3.  Respeitando a jóia do Buddha
A melhor e nobre medicina
Beneficiadora de Deuses e humanos
Terá a bênção, que é o poder do Buddha
Possam todos os infortúnios ser anulados
E seu sofrimento desaparecer!

4.  Respeitando a jóia do Dhamma
A melhor e nobre medicina
O alívio da aflição
Terá a bênção que é o poder do Dhamma.
Possam todos os infortúnios ser anulados
E seu sofrimento desaparecer!

5.  Respeitando a jóia da Sangha
A melhor e nobre medicina
Digna de sacrifício, digna de hospitalidade
Terá a bênção que é o poder da Sangha.
Possam todos os infortúnios ser anulados
E seu sofrimento desaparecer!

6.  Todas as jóias do mundo
Foram perdidas de diversos modos.
Não há jóia igual ao Buddha, e assim
Haja bênção para você!

7.  Todas as jóias do mundo
Foram perdidas de diversos modos.
Não há jóia igual ao Dhamma, e assim
Haja bênção para você!

8.  Todas as jóias do mundo
Foram perdidas de diversos modos.
Não há jóia igual à Sangha, e assim
Haja bênção para você!

9.  Eu não tenho outro refúgio
O Buddha é meu alto refúgio.
De acordo com esta verdade
Haja vitoriosos auspícios para você.

10. Eu não tenho outro refúgio
O Dhamma é meu alto refúgio.
De acordo com esta verdade
Haja vitoriosos auspícios para você.

11. Eu não tenho outro refúgio
A Sangha é meu alto refúgio.
De acordo com esta verdade
Haja vitoriosos auspícios para você.

12. Possam todas as calamidades ser evitadas
Possam todas as doenças desaparecer
Que não haja perigos para você.
Que você tenha longa vida.

13. Possam todos os sucessos ser para você
Possam todas as divindades proteger você
Através do poder de todos os Buddhas
Possa sempre haver felicidade para você.

14. Possam todos os sucessos ser para você
Possam todas as divindades proteger você
Através do poder de todo o Dhamma
Possa sempre haver felicidade para você.

15. Possam todos os sucessos ser para você
Possam todas as divindades proteger você
Através do poder de toda a Sangha
Possa sempre haver felicidade para você.

16. Astros, demônios ou não-humanos
Através do desvio de maus planetas
Possam todos estes infortúnios ser destruídos
Pelo poder desta proteção.
(3vezes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário